Mês passado foi nossa primeira viagem longa com a Alice. Fomos para Bahia visitar meus sogros e aproveitar para curtir uns dias de descanso na praia. Foi bem diferente encarar um voo longo com um bebê de quatro meses. Primeiro começa com a mudança que temos que levar né! Sério parece que estávamos mudando de cidade de tanta coisa que levamos rsrsrs..

Ida:

Escolhemos o voo de Floripa a Ilhéus com uma conexão curta (1 hora e 30 minutos) em Brasília. Saímos de Floripa às 8:00 e chegamos em Ilhéus às 13:30 hrs. A Alice dormiu quase o tempo todo nos dois voos. Na conexão ela ficou elétrica querendo ver tudo, era muito engraçado a carinha dela. Posso dizer que os voos foram bem tranquilos. Contudo, nosso destinho final era Vitória da Conquista, que fica a 4 horas de carro de Ilhéus. Aí esse trajeto não foi tão fácil. Ela chorou, não queria ficar no bebê conforto do carro. Tivemos que parar umas 2x para dar mamadeira. Então as 4 horas se transformaram em 6 horas cansativas para todos. Se eu fosse fazer essa viagem novamente, dormiria em um Hotel em Ilhéus e somente no outro dia, encararia uma viagem de carro. Mas vivendo e aprendendo né!

Volta:

A volta foi bem mais tranquila. Isso porque foi feita em etapas, ou seja, saímos de Vitória da Conquista, chegamos em Ilhéus e ficamos 5 dias descansando em uma casa de praia.  Nosso voo de Ilhéus saiu as 13:30 e chegamos em Floripa às 23:00. A conexão da volta foi bem longa, ficamos 5 horas em Congonhas – São Paulo, mas como é um aeroporto grande deu para matar o tempo andando com o carrinho de bebê  pra lá e pra cá e deixando a Alice feliz (ela adora passear de carrinho). No voo para Floripa ela dormiu o tempo todo.

Trocas de fraldas:

Como os voos era curtos (em média duas horas), aproveitava para fazer a troca de fralda no fraldário do aeroporto, que é mais confortável e usava o trocador portátil em cima. Só em um dos voos fizemos a troca da fralda no banheiro do avião, porque não dava para esperar chegar no aeroporto (se é que me entendem kkkk).

Bagagem:

Definitivamente foi a viagem que mais levei tralhas. Levamos bebê conforto, carrinho e uma mala enorme.  O bebê conforto despachamos no check-in, o carrinho só na porta do avião. Na cabine, levamos 2 mochilas e uma bolsa com trocador portátil, mamadeiras, duas peças de roupas para algum imprevisto e lenço umedecido.

Viagens longas são sempre cansativas, e com um bebê a coisa fica pior… Mas eu acho que vale a pena quando chegamos no destino. Além disso, como gostamos de viajar, já estávamos nos preparando para isso!

E falando um pouquinho de Ilhéus. Ficamos em uma casa (que foi alugada) no Condomínio Mar e Sol. O lugar era lindo, praia paradisíaca e quase particular. Algumas fotos para vocês terem ideia do lugar:

beijos, Fran Gabrielli

Oi pessoal! e ai sobreviveram a comilança do Natal? rsrs… (eu sim, mas não foi fácil hahaha)

Mas como o Natal passou, agora é a hora de começarmos a pensar na virada do ano. Como sei que nessa época vem muita gente para Floripa passar as férias, decidi fazer esse post, com alguns lugares que acho que vale a pena você conhecer caso tenha um tempinho na sua agenda. Vem ver!

Ilha do Campeche

Se você quiser ir para uma praia com águas cristalinas e se sentir no Caribe, não deixe de visitar a ilha do campeche. Já teve post dela aqui nesse link, no qual explico mais detalhes.

campeche-14-1024x683

Parque do Rio Vermelho e almoço na Costa da Lagoa

O Parque do Rio Vermelho fica entre os bairros Rio Vermelho e Barra da Lagoa. É um local de preservação ambiental e também um centro de recuperação de animais silvestres. A atração do parque é uma trilha que leva em torno de 50 minutos para ser realizada. Muito tranquila, pois é toda sob um deck de madeira, ótima para fazer com crianças, já que dá para ver diversos animais.

trilha_rio_vermelho__grande trilha-ecologica-parque-rio-vermelho

Após a visita ao parque, você pode estender o passeio e pegar o barco que leva até a Costa da Lagoa para comer um peixinho. Há ótimos restaurantes por lá e o visual é lindo!

img_1114

Praia do Matadeiro:

A Praia do Matadeiro é destino de quem gosta de apreciar praias da forma como elas nasceram, apenas água, areia e árvores, ou seja, é uma praia para quem curte tranquilidade. Ela está localizada entre as praias da Armação e da Lagoinha do Leste. O acesso é feito apenas por uma trilha (bem tranquila) que leva uns 15 minutos. Agora se você estiver com crianças não indico ir a essa praia, pois as ondas são muito fortes.

praia-do-matadeiro

Lugares para comer:

Pizzaria Basílico: Na minha opinião uma das melhores de Floripa. Ambiente lindo e a pizza é maravilhosa. Fica na Lagoa da Conceição.

basilico-1

Bar do Arante: Restaurante famoso no Sul da Ilha por seus bilhetinhos na parede. Se você quiser comer um bom peixe e frutos do mar, pode ir sem medo.

622127121-xg

Sorveteria Italiana Monte Pelmo: Sorveteria italiana que fica na praia dos ingleses. O sorvete é feito artesanalmente e é muito cremoso. Além disso, tem muitas opções. Só vá preparado para enfrentar uma fila, pois ela está sempre cheia. Mas te garanto que vale a pena esperar!

547e5856805951-29013000

Café da Praça: Ótimo lugar para ir curtir o fim de tarde em Santo Antônio de Lisboa. Possui vários doces diferentes, como a tapioca cremosa e a moranga mágica (moranga recheada com creme de coco). Os sanduíches são deliciosos também. Vale uma visita!

54e7711554bf79-10991897

Espero que tenham gostado das dicas e já sabem, caso tenham alguma dúvida é só deixar nos comentários ou me enviar um email!

beijos, Fran Gabrielli

Sei que estou um pouco atrasada, mas vamos continuar aos posts de Nova York. Hoje vou mostrar para vocês a segunda parte dos principais pontos turísticos que visitamos. Olhando as fotos bateu uma saudade já e uma vontade enorme de voltar rsrsrs.. Mas vamos ao que interessa!

Museu de História Natural

Esse foi um dos passeios que colocamos no nosso roteiro e não nos arrependemos. O museu possui 4 andares e vários ambientes. Lá você encontrará exposições sobre genética, animais, dinossauros, minerais, civilizações, artesanatos. Mas com certeza a principal atração são os dinos. Eu me diverti nessa sessão hahaha (como dá para ver nas fotos). Para quem gosta de estudar história, não pode deixar de ir. Ah! e para quem tem crianças, o passeio também é super indicado.

img_1968 img_1985img_1962

Estátua da Liberdade

Não dá para ir à Nova York e não conhecer a Estátua da Liberdade não é? Nós optamos para ir visitá-la pelo ferry boat que vai para Staten Island e passa pertinho da estátua. Além de ser um passeio rápido, para quem não quer gastar muito tempo, também é totalmente grátis (o que já fica muito melhor!). A embarcação sai de um terminal próximo ao parque Battery Park, chamado Whitehall Terminal, mais ou menos a cada 30 minutos, todos os dias. São 25 minutos de viagem de barco para ir e mais 25 minutos para voltar, e no trajeto o barco passa perto da estátua.

img_2142 img_2168

No trajeto da volta é possível tirar várias fotos dos prédios de NYC.img_2190

Brooklyn Bridge Park

Acho que é um dos lugares com a vista mais bonita para Manhattan. O Bronklyn Bridge Park fica às margens do East River próximo a um dos cartões postais de Nova York: a Brooklyn Bridge. O lugar é incrível, ótimo para fazer um piquenique ou apenas ficar observando a linda paisagem. Nos queríamos voltar caminhando pela ponte, mas estávamos tão cansados que optamos pelo metrô rsrs… 

Manhattan skyline, Brooklyn Bridge and the East River from Brooklyn Bridge Park, New York City, New York, United States of America, North Americaimg_1932-1 img_1935

Para quem não viu o Diário de Viagem – parte 1 – é só clicar aqui.

beijos, Fran Gabrielli